Utilização da Acupuntura num caso de Leishmaniose canina com quadro de anemia severa

Por:

Paulo Alexandre de Matos Ribeiro

Barcelos, Portugal

ribeiro-ser.vet@sapo.pt

 

RESUMO:

A terapia de acupuntura foi realizada com êxito de forma a melhor o estado geral de um canídeo com um quadro de leishmaniose clínica moderada a severo. Foram realizadas várias sessões para tratar o estado geral do animal  A terapia de acupuntura foi realizada integrada num plano de tratamento  mais vasto que inclui terapias ditas convencionais, nutriterapia e homeopatia.

HISTÓRIA:

A 21/04/2016 o canídeo Farturas, de raça podengo e de idade indeterminada, foi acolhido da rua por uma pessoa particular afecta a uma associação protectora de animais. Foi trazido a consulta nesse mesmo dia. O Farturas apresentava-se em péssimo estado mental e físico. Nada mais se sabe do historial deste animal abandonado.

SINAIS CLÍNICOS – DIAGNÓSTICO CONVENCIONAL (OCIDENTAL):

No momento da consulta o Farturas apresentava um estado de caquexia com perdida de massa e volume corporal, pêlo sem brilho, pele seca e fina, infestação massiva de pulgas, desidratação moderada, onicogrifose, linfoadenopatia generalizada, uveíte do olho esquerdo, artrite com sintomas de dor severa deixando-se estar imóvel e queixando-se á mais pequena mobilização, claudicação e mucosas anêmicas.

De imediato foi feita colheita de sangue para realização de hematócrito, provas bioquímicas e Elisa para Leishmania (Ac). Entre o final da consulta e a obtenção dos resultados o Farturas foi levado para casa, por opção da cliente. Pode-se ver os resultados nas figuras seguintes:

Figura 1 - Resultados do  hematócrito 17% com Proteínas Totais a 7mg/dl

Tempos de Coagulação:

Realizei uma observação empírica do tempo de coagulação do sangue do Farturas em tubo de bioquímica, sendo o tempo de coagulação superior a 5 minutos.

SIGNOS CLÍNICOS – DIAGNÓSTICO SEGUNDO A MTC:

O Farturas apresentava um estado de caquexia com perdida de massa e volume corporal - peso 6,5Kg - letargia, pêlo sem brilho, pele seca e fina com descamação intensa, infestação massiva de pulgas, desidratação moderada, onicogrifose, linfoadenopatia generalizada, uveíte do olho esquerdo, artrite com sintomas de dôr severa deixando-se estar imóvel e queixando-se á mais pequena mobilização, face pálida e sem brilho, a mucosa ocular anêmica, a língua pálida e seca, o pulso débil e superficial em ambos os lados, respiração lenta. Emocionalmente com alteração do Shen -deprimido e indiferente aos estímulos.

Diagnóstico de deficiência de Xue e colapso geral.

Também diagnostico um síndrome de Bi nos tecidos e órgãos Zang (Síndrome Bi de músculos, Bi de Ossos e de rim)  .

TRATAMENTO CONVENCIONAL (OCIDENTAL):

Iniciei o tratamento com controle dos parasitas internos e externos.

Instaurei um colírio com prednisolona + neomicina + polimixina, 2x dia.

Por opção do particular, o Farturas foi levado para casa aguardando os resultados das análises de forma a termos um diagnóstico, estabelecer prognóstico e tratamento em conformidade, se aplicável.

TRATAMENTO SEGUNDO A MTC (ORIENTAL):

A estratégia de tratamento no imediato foi a de fortalecer o baço-estômago, harmonizar o fígado e tonificar o rim, promover um adequado fluxo de Qi sempre com vista tonificar o sangue.

No dia 21/04/2016 realizei acupuntura utilizando os seguintes pontos:

 

6B SanYinJiao

Ponto de cruzamento dos meridianos de baço, fígado e rim. Fortalece o baço-estômago, harmoniza o fígado, tonifica o rim, restaura o Yin e nutre o sangue, fígado e rins e elimina humidade. Favorece o sangue e a função do Shen

14VG Dazhui

Ponto muito útil em casos de esgotamento físico, favorece o Qi e tonifica o vazio. Favorece o Yang. Favorece a função do sangue. É um ponto imunoestimulante. Benéfico em caso de reumatismo lombar e dorsal, dores nas extremidades anteriores e dores vertebrais.

No final do dia obtive os resultados laboratoriais. As analíticas apresentaram um perfil renal normal com firme evidência da não existência de insuficiência renal crónica (IRC), sendo que se trata de um cão em nível de risco elevado de evoluir para IRC, entre outros. Optamos por fazer um tratamento inicial de 7 dias para ver a resposta do Farturas.

TRATAMENTO INTEGRATIVO DE  MTC E CONVENCIONAL:

A 21/04/2016 foi introduzido medicação leishmaniostática com alopurinol na dose de 10mg/Kg BID, suplemento vitamínico Anima Strath, óleo de salmão e alimentação natural com carnes e vísceras cozidas e repouso absoluto em local muito confortável.

Como tratamento como acupuntura utilizei os pontos:

10B Xuehai

Mar do sangue. Fortalece o baço, harmoniza e confere vigor ao sangue

17BX Geshu

Ponto de influência do sangue. Regula a circulação do Qi, tonifica o sangue e pacifica o estômago.

 

A 27/04/2016 efectuou-se nova avaliação clínica ao Farturas sendo que apresentava melhorias no seu todo com um ganho de 900gr no peso vivo, mais Shen e  mostrando interesse pelos estímulos.

Foi feita colheita de sangue com realização de hematócrito:

Hematócrito

20,5%

 

Tempo de Coagulação:

Realizei nova observação empírica do tempo de coagulação do sangue do Farturas em tubo de bioquímica, tendo o tempo de coagulação sido de  4 minutos (valor mais baixo que o anterior).

 

Introduziu-se as seguintes medicações:

●      PsorinoHeel N 30 ml 2 gotas oral 7x dia para para os problemas de pele, danos no fígado e pela cronicidade da doença

●      Miltefosina (Milteforan) - um agente leishmanicida que interfere no metabolismo da membrana do parasita -  uma vez ao dia durante 30 dias

●      antiinflamatório meloxicam 1x dia

 

A 02/06/2016 veio novamente a consulta apresentando melhorias em todos os aspectos físicos e emocionais. O peso é agora de 8,2 Kg e apresenta-se muito confiante e alegre. Entre os sinais clínicos alterados destaco a uveíte mas em menor grau, descamação cutânea, onicogrifose e linfoadenopatia.

Procedeu-se a nova realização de exames. Os resultados estão apresentados nas seguintes figuras:

 

Quadro 1 - Hematócrito

Hematócrito

34%

 

Atendendo ao estado clínico do Farturas e face aos resultados laboratoriais procedi a nova sessão de acupuntura com intuito principal de estimular o sistema imunitário e em simultâneo favorecer outros aspectos :

 

11IG Qu Chi

Ponto Mar. Elimina a Humidade. Regula a nutrição do Qi e do Sangue. Imunoestimulante. Beneficia as articulações, aplica-se em inflamação dos olhos - uveíte- e alterações dérmicas.

1P Zhongfu

Ponto Mu de pulmão. Estimula a descida do Qi do Pulmão. Influi nas vias das águas. É um ponto imunoestimulante

36E Zu San Li

Ponto Inmunoestimulante. Suporta e fortalece a função de transporte e transformação do baço e do estômago, tonifica o QI geral e o sangue, útil na redução de dôr geral e em restrição de movimento das extremidades

Fortalece o corpo e a mente em animais  muito debilitadas.

10B Xuehai

Mar do sangue. Fortalece o baço, harmoniza e confere vigor ao sangue

 

Como tratamento alopático introduzi o princípio Domperidona (Leisguard®) 1x dia durante 30 dias. De forma a auxiliar a pele e o pelo introduzi um champô com base de argila verde, óleos essenciais de neem e alfazema - 1 banho a cada 10 dias.

A 27/07/2016 o Farturas veio a uma última pesagem antes de ir para a nova família - peso 9,5kg.

Entretanto foi-me comunicado que iriam proceder no imediato à orquiectomia do Farturas como resultado da condição de adopção . Opus-me a essa situação apelando ao bom senso e tecendo factos médicos.

A castração foi efectuada e o Farturas viajou até à sua nova morada.

DISCUSSÃO:

O paciente veio a consulta depois de ter sido acolhido na rua encontrando-se em péssimo estado geral com perda acentuada de massa muscular e adiposa. Chegado ao diagnóstico de Leishmaniose canina agravado com um quadro severo de anemia, optamos por integrar a medicina tradicional chinesa no plano terapêutico.

O uso da Medicina Chinesa preconiza a harmonização dos canais energéticos envolvidos sendo que  a desarmonia mais evidente é a de deficiência de sangue (Xue) e de vazio geral. A estratégia de tratamento utilizada foi a acupuntura de forma a estimular a produção de Xue, estimular os Zang Fu (órgãos e vísceras) envolvidos na sua produção e aumentar a imunidade. A par disso utilizei pontos que promovessem um suave fluir do Qi e que eliminasse humidade de forma a evitar estancamentos e dores articulares. Os pontos foram eleitos  de acordo com o diagnóstico pela medicina chinesa de pulso, língua, inspecção, palpação de pontos e temperatura, relato do proprietário, mediante a avaliação no devido momento. Concomitantemente preconizei um tratamento auxiliar com nutriterapia de forma a beneficiar os Zang Fu.

A evolução favorável do hematócrito acompanha a melhoria do estado geral:

 

21/04/16

27/04/16

02/06/16

Hematócrito (%)

17

20,5

34

 

Os resultados do hematócrito entre o estímulo com acupuntura e a colheita são muito satisfatórios e justificam a utilização desta técnica em casos de deficiência de Xue.

À data em que escrevo este relatório, sei que o Farturas se encontra em bom estado de saúde. Recordo-me das restrições financeiras e de um animal em estado miserável, havendo claro condições fisiológicas favoráveis para que essa recuperação acontecesse.Talvez e só por isso pude realizar este trabalho. Mas também por esse mesmo motivo não foram realizadas mais sessões de Acupuntura e avaliações de Hematócrito.  Teria hoje escolhido o método de tonificação com moxabustão - talvez teria sido mais efectivo neste caso de deficiência, vazio, fraqueza de forma aumentar a energia vital e calor. Imagino que o Farturas teria gostado desse calor.

BIBLIOGRAFIA

1.    Apuntamentos do curso do I.V.A.S. (International Veterinary Acupunture Society) Espanha

2.    Acupunctura en Veterinaria (Dolores Puertas e Albet Snijders)

3.    Basic course in veterinary acupuncture, course note, Twenty-fourth Edition, 2015- USA.

 


Comparte este contenido
Go to top